G2A oferece pagamentos para quem publicar textos defendendo suas práticas

G2A oferece pagamentos para quem publicar textos defendendo suas práticas

Último Vídeo

Especializado na revenda de chaves de games, o site G2A ganhou má fama ao oferecer produtos que não funcionam ou que são fruto de roubos a desenvolvedoras — que preferem que seus jogos sejam pirateados a ser comprados na loja. Na tentativa de tentar apagar essa má imagem, a empresa pode ter complicado ainda mais as coisas: aparentemente, ela está enviando textos para jornalistas e sugerindo que eles sejam publicados sem nenhuma modificação ou filtro.

No email, a empresa pede que jornalistas colaborem para “melhorar o conhecimento de nossa marca e imagem pública, especialmente entre os desenvolvedores independentes e menores”. A G2A sugere que seus textos sobre “como é impossível revender chaves roubadas” sejam publicados sem a identificação de que foram produzidos por ela. “É um review transparente e justo do problema de revendas de chaves roubadas”, afirmava a mensagem da empresa.

Além de oferecer uma prévia do texto que a G2A queria circular, a proposta também pede “preços e detalhes sobre suas opções para a publicação de tais conteúdos”, mostrando que a revendedora estava disposta a gastar para veicular sua mensagem. No Twitter, a empresa afirmou que o email foi enviado a 10 sites de forma não autorizada por um de seus empregados, que vai “enfrentar consequências estritas”.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários