Gamers planejam muito mais as compras do que se imaginava, diz pesquisa
142
Compartilhamentos

Gamers planejam muito mais as compras do que se imaginava, diz pesquisa

Último Vídeo

Alguns pesquisadores da Ubisoft descobriram que aqueles jogadores que gastam muito em jogos são muito mais motivados por um tipo de planejamento de longo prazo do que por puro impulso. Essa pesquisa foi realizada a fim de trocar as informações captadas quantitativamente pela companhia, o que permite saber muito sobre o que os gamers estariam fazendo em seus jogos, para procurar qualitativamente respostas sobre as razões dos jogadores estarem agindo de tal maneira.

Assim, os pesquisadores Nicolas Ducheneaut e Nick Yee usaram um espaço dentro da Game Developers Conference deste ano para conversar com o pessoal do site GamesIndustry International sobre seu trabalho envolvendo jogadores do free-to-play Ghost Recon Online. “É um momento interessante de se viver, pois todos falam sobre obter grandes dados”, diz o segundo membro da dupla.

“Mas ter uma porção de informações é uma coisa. Saber o que fazer com tudo isso, já é outra”, complementa Ducheneaut , que completa dizendo que as companhias podem acabar se baseando em demasia em algumas dessas informações. E pior: elas por vezes tiram as lições erradas disso.

A recíproca é que se mostrou verdadeira

E ao contrário do que sempre imaginamos, incluindo o pessoal que rege o departamento de marketing das grandes companhias do mercado de games (incluindo a Ubisoft), os gamers que são os grandes investidores de recursos nos títulos gratuitos para jogar não agem por impulso. Em vez disso, esses ótimos clientes são pessoas abalizadas, calmas e que constroem planejamentos para longo prazo.

Com isso, esses resultados sugerem que os maiores gastadores de todos encontram uma espécie de padrão nas promoções e nas tentativas de grandes anúncios das companhias. E só então que eles empregam seus recursos, fomentando de maneira meio mascarada os dados que sempre foram interpretados pelas publicadoras como se tratando de “compras movidas por puro impulso”.

E se você quiser, é possível clicar aqui e conferir na íntegra os demais resultados que foram expostos pela dupla Nicolas Ducheneaut e Nick Yee durante a entrevista na GDC. Mas o mais interessante de tudo isso é que as companhias estão começando a realizar esforços no sentido de descobrir informações suficientes para segmentar de maneira mais eficiente o mercado de gamers.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.