Gears of War para Xbox One contará com recursos necessários, diz produtor

Gears of War para Xbox One contará com recursos necessários, diz produtor

Último Vídeo

Rod Fergusson, o ex-produtor sênior da Epic Games, está revivendo os velhos tempos de Gears of War no estúdio canadense formado pela Microsoft, Black Tusk. E isso não está apenas no fato de que todos na Black Tusk estejam interessados em produzir bons jogos, mas sim porque a empresa tem acesso a diversos recursos que os antigos jogos da franquia Gears of War tinham.

É por isso que Rod Fergusson não está muito preocupado com a ausência de veteranos que trabalharam na antiga IP da Epic Games, como Cliff Bleszinski ou Chris Perna. “Eles são, obviamente, grandes amigos e colaboradores, e não é apenas uma pessoa que faz algo importante, mas sim o esforço de toda a equipe. Com o que eu estou realmente animado é a respeito da energia pura que está na Black Tusk”, afirmou Fergusson em uma entrevista que foi publicada pela primeira vez no Reino Unido.

Novo estúdio, nova energia

Fergusson continua: “Quando você vive com uma franquia de sete anos, existem pessoas realizadas, como na Epic Games, mas eu queria fazer algo mais interessante. Quando você olha para a Black Tusk, ela é apenas algo puro, cru; uma piscina de energia ou de emoção do que as pessoas querem fazer. Então, eu caminho pelo estúdio e é como se Gears of War estivesse em cada tela. Estamos jogando multiplayers e Horde juntos, fazendo todas essas coisas diferentes. Só de ter esse novo entusiasmo é algo realmente revigorante”.

A equipe que produziu o primeiro Gears of War era “muito enxuta”, observou Fergusson. “Sempre tivemos a menor equipe possível, com falta de pessoal e excesso de trabalho, mas isso não foi capaz de tirar o máximo do que a franquia poderia fazer”.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.