Ghost Recon: Breakpoint não faz posicionamentos políticos, afirma Ubisoft

Ghost Recon: Breakpoint não faz posicionamentos políticos, afirma Ubisoft

Último Vídeo

Após trazer em The Division 2 um game repleto de implicações políticas que não toma posicionamento algum ou desenvolve seus temas, parece que a Ubisoft vai repetir a mesma fórmula em Ghost Recon: Breakpoint. Após o anúncio oficial do game, a empresa declarou que “só está criando um game e não está tentando fazer nenhuma declaração política” com seus produtos.

Ghost Recon Breakpoint

Em Breakpoint, os jogadores encontram um universo no qual um gênio do Vale do Silício cria drones e inteligências artificiais com o objetivo de salvar vidas do exército americano. Quando uma força rebelde toma controle da empresa e de seus dispositivos, cabe ao jogador lidar com o resultado dessas ações — que incluem o assassinato de um candidato à presidência dos EUA.

Cada jogador vai ver o que quer

Apesar das claras implicações políticas que isso traz, o desenvolvedor Sebastien Le Prestre afirmou à GameSpot que a Ubisoft não está tentando provar um ponto específico. “Nos ancoramos na realidade e você vai conseguir o que conseguir de sua jogatina — todo mundo vai tirar algo diferente de sua experiência. A história pode fazer você ver situações diferentes, mas não estamos tentando guiar ninguém ou fazer qualquer declaração. É um cenário ‘e se?’, é Tom Clancy, é puramente fictício”.

Ghost Recon Breakpoint

A posição não é surpreendente para a Ubisoft que, no passado, afirmou publicamente que falar sobre temas políticas “fazem mal para os negócios”. Resta esperar para ver como a desenvolvedora vai lidar com esses temas em Ghost Recon: Breakpoint, que chega ao PlayStation 4, PC e Xbox One no dia 4 de outubro.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários