Voxel
01
Compartilhamento

God of War: Ascension levou o hardware do PS3 até os limites

Último Vídeo


O final de uma geração sempre é marcado por títulos incríveis e que conseguem explorar toda a capacidade dos consoles. Isso é possível porque os programadores já estão acostumados com o sistema, e já possuem mais intimidade com o hardware, podendo desenvolver jogos muito mais atraentes.

Já vimos isso acontecer no Super Nintendo com Donkey Kong Country, no PlayStation com Vagrant Story e no PlayStation 2 com Shadow of the Colossus. Todos eles chamaram atenção por trazer um visual incrível no final da vida útil das plataformas. Como essa geração já está chegando ao fim, temos um exemplo recente no PlayStation 3. Será que God of War: Ascension pode se enquadrar nessa categoria?

O Digital Foundry analisou o mais novo capítulo do jogo do Deus da Guerra e mostrou que, mesmo que ele consiga espremer toda a capacidade — e mais um pouco — do console da Sony, o título não chama mais atenção que God of War 3 que, quando lançado, impressionou o mundo com os gráficos e cenas cinematográficas.

Img_normal
No vídeo, a equipe do site colocou lado a lado a demonstração e a versão final de God of War: Ascension, onde é possível ver que a Sony ajustou cada detalhe dos visuais do game, conseguindo melhores efeitos especiais, iluminação e de textura, além de aumentar substancialmente a taxa de quadros por segundo, principalmente quando inimigos gigantescos surgem na tela.

Segundo o Digital Foundry, daqui a alguns anos veremos God of War: Ascension como o jogo que desafiou os limites do PlayStation 3 e tornou-se o game definitivo, aquele que conseguiu ultrapassar as limitações técnicas da plataforma com maestria, graças à competência dos programadores da Sony.

Fonte: Eurogamer

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.