Voxel

Guild Wars 2 virou free to play! Veja o que muda a partir de agora

Último Vídeo

Agora é oficial: Guild Wars 2, o MMORGPG da ArenaNet, virou um jogo free-to-play (ou seja, gratuito para baixar e jogar e com microtransações dentro do universo do game). Quem anunciou a novidade foi a própria desenvolvedora ao comentar sobre a nova expansão do título, Heart of Thorns.

Guild Wars 2 funcionou por exatos três anos por um sistema tradicional de compra e vendeu cinco milhões de unidades nesse período. A ArenaNet promete atualizações regulares de conteúdo ou raids e melhorias de desempenho na nova expansão, assim como aconteceu até agora com o game. Além disso, o presidente da empresa faz questão de dizer que essa não é uma estratégia mercenária da companhia.

"Estamos deixando esse jogo grátis porque estamos confiantes que qualquer um que ama Guild Wars 2 vai considerar a compra de Heart of Thorns, continuando a experiência na expansão e além com Living World e nossas recém-anunciadas raids", diz o executivo.

O que muda?

Com o objetivo de convencer você a mudar para a conta paga, há uma série de limitações para usuários gratuitos. Ainda assim, o conteúdo liberado é grande. Quer conhecer mais? É só clicar aqui para fazer o cadasto e entrar nesse universo.

Para começar, somente o "núcleo" do jogo será disponibilizado de graça — o que significa que a expansão Heart of Thorns precisa ser adquiridas em separado. Além disso, contas gratuitas têm menos opções de personagens e slots na mochila. Os mapas iniciais são ficam disponíveis até o nível 10 e o Lion's Arch será aberto quando você chegar ao nível 35. Mensagens dentro do jogo? Só para amigos em comum e sem direito a enviar ouro ou itens. Não há acesso também ao Guild Bank.

Quem fizer a pré-compra de Heart of Thorns receberá itens exclusivos e o acesso a Eventos Beta de Fim de Semana. A expasão sai oficialmente em 23 de outubro deste ano.

Guild Wars 2 ficará melhor ou pior sendo free-to-play? Comente no Fórum do TecMundo Games

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.