Voxel
19
Compartilhamentos

Hacker do LulzSec se diz culpado por ataques à Sony e Nintendo

Último Vídeo

Fonte da imagem: Reprodução/Telegraph
O hacker Ryan Ackroyd, que faz parte da organização hacktivista LulzSec, se declarou culpado de ataques à Sony e à Nintendo. A confissão, cujos atos haviam sido negados no passado, aconteceu durante uma audiência realizada ontem, em Londres, e serve como uma medida para reduzir a sentença relacionada a uma série de crimes digitais. O parecer da justiça deve ser emitido em maio.

De acordo com o procurador do caso, Sandip Patel, Ackroyd não agiu diretamente contra a empresa, mas foi procurado por outros três hackers – Jake Davis, Mustafa Al-Bassam e Ryan Cleary, também indiciados – devido à sua experiência. Além das duas empresas do mundo dos games, Fox, CIA e o Serviço de Saúde do Reino Unido também foram alvo de ataques realizados entre fevereiro e setembro de 2011.

Apesar das informações não serem claras quanto ao teor das invasões à Sony e Nintendo, Ackroyd está sendo acusado de realizar ataques de negação de serviço e acessos não autorizados a servidores privados. Isso inclui a modificação de configurações de segurança e o comprometimento de arquivos confidenciais.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.