Voxel
01
Compartilhamento

Hoopa Unbound não parece um “monstrinho” de bolso

Último Vídeo

Depois de algum tempo do lançamento de Pokémon X/Y, no ano passado, hackers conseguiram encontrar três pokémons escondidos no jogo: Diancie, Volcanion e Hoopa. Deles, apenas Diancie foi revelada como verdadeira (embora todos estejam, de fato, no código do game) e, não apenas isso, recebeu um evento de distribuição e um filme inteiro dedicado a ela – além de ter sido divulgada sua capacidade de megaevoluir.

Desse trio “místico”, no entanto, apenas Volcanion não deu sinal de ser relevado tão cedo. Novamente, um time de hackers denominado Pokémon Project encontrou algo relacionado a Hoopa, dessa vez na demo de Pokémon Omega Ruby / Alpha Sapphire: um modelo com uma aparência definitivamente ameaçadora (Hoopa Unbound) e que de nada lembra sua inofensiva forma anterior.

Quem conseguiu o pokémon e transferiu-o para os remakes da terceira geração reparou que um estranho evento acontece: com ele no time, basta entrar em um PokéMart para ver um novo empregado da loja. Ele lhe entrega um item chamado “Prison Bottle” e conta uma “história assustadora”; basicamente, segundo o funcionário, o item pode “libertar” Hoopa em sua verdadeira forma durante três dias.

Hoopa que é um pokémon Psychic/Ghost na primeira forma encontrada, torna-se Psychic/Dark como Hoopa Unbound. Em relação aos ataque aprendidos ao subir de nível, eles permanecem iguais, apenas substituindo golpes Psychic por outros Dark. O golpe exclusivo do “monstrinho” também muda, passando de Hyperspace Hole para Hyperspace Fury.

Não apenas isso, mas Hoopa também pode ser o segredo por trás de tantos lendários aparecendo nos remakes. Quando você o leva em Pokémon X/Y para conversar com um NPC específico, ele se assusta e revela uma lenda sobre o bicho, dizendo que ele seria capaz de transportar dimensionalmente ilhas inteiras com as suas argolas (que se estenderiam indefinidamente).

Como você pode ver abaixo, não apenas o pôster de anúncio dos lendários apresenta as argolas de Hoopa, como é possível ver um vulto que parece pertencer a ele. Inclusive, a argola de transporte encontrada nas ilhas onde os lendários estão também parece muito suspeita.

Finalmente, devemos lembrar que a GameFreak não se pronunciou a respeito desse pokémon, logo, por mais que esteja no código dos jogos, a empresa poderia decidir “jogá-lo fora”. Por outro lado, dadas as evidências acima e o fato do post-game de ORAS ser chamado de “Episódio Delta”, é possível imaginar que haverá mais episódios, um deles podendo ser sobre Hoopa, quem sabe?

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.