inFamous: Second Son utiliza 90% do processamento do PS4

inFamous: Second Son utiliza 90% do processamento do PS4

Último Vídeo

Quem acompanha o mundo dos games já deve saber que uma das maiores vantagens de se trabalhar com uma única plataforma é a de conseguir criar um jogo otimizado para aquele hardware específico. No caso da Sucker Punch não é diferente: durante um podcast do PlayStation Blog, Chris Zimmerman (co-fundador da empresa) comentou sobre como isso trouxe maior liberdade para o desenvolvimento de inFamous: Second Son.

Um dos principais pontos em que ele elogiou o PS4 foi com relação à sua memória. “Ter um monte de memória foi bom, tendo 8 gigabytes de memória foi ainda melhor. Pela primeira vez, e eu tenho feito isso por 17 anos, nós não tivemos que nos preocupar com a memória quando nós estávamos construindo um game”, comentou Zimmerman.

Trazendo o máximo do PS4

Se isso foi suficiente para que inFamous: Second Son rodasse de maneira suave no PS4? Não exatamente. O desafio deles estava no fato de ser um mundo aberto: “Nós sabemos exatamente o quão rápido Delsin pode se mover pela cidade... Ele pode se mover a 18 metros por segundo. Se ele se mover mais rápido que isso, nós não podemos garantir que seremos capazes de carregar a próxima quadra antes que você chegue a ela”, revelou.

Usando esse tipo de informação, a equipe da Sucker Punch foi capaz de fazer com que o game rodasse no limite do console. Segundo Zimmerman, “nós temos medidores na tela mostrando quanto do chip [gráfico] que temos que estamos usando, e está em 90% o tempo todo”.

É claro que, por se tratar de um título da fase inicial do console, é bem provável que ainda existam games que tirem muito mais poder do processamento do PS4, com o passar dos anos. Mesmo assim, não há como negar que isso é algo impressionante, por parte do novo inFamous.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.