Voxel
169
Compartilhamentos

Iwata: “Como presidente da Nintendo, farei a companhia se recuperar”

Último Vídeo

Apesar da crise financeira da Nintendo, que anunciou nesta manhã uma redução nas suas previsões de vendas de consoles para o ano fiscal de 2013-2014, o presidente da companhia, Satoru Iwata, mantém-se firme no seu comando.

Em uma conferência de imprensa hoje, Iwata se desculpou aos acionistas da companhia afirmando que se sente responsável pelos mal resultados. No entanto, em vez de anunciar a sua aposentadoria, o executivo reafirmou a sua posição dizendo que a ação mais importante no momento é recuperar-se o mais rápido possível.

Enquanto a empresa mantinha previsões de obter 920 bilhões de ienes (US$ 8,8 bilhões) em vendas, a companhia agora acredita que esse valor chegue a, no máximo, 590 bilhões de ienes (US$ 5,7 bilhões). Com isso, em vez de uma margem de lucro favorável de 55 bilhões de ienes (US$ 527.2 milhões) como estava previsto, a companhia deve perder esse ano 25 bilhões de ienes (US$ 239,6 milhões).

De acordo com Iwata, uma das principais causas para a discrepância entre as previsões e os resultados finais se encontra nos mercados norte-americano (onde o Nintendo 3DS foi o console mais vendido em 2013) e europeu, nos quais a saída de novos consoles e jogos foi significantemente menor em relação às projeções iniciais.

Apesar de comentar que não haverá mudanças na direção da empresa, Iwata afirmou que a estrutura de negócios pode mudar a partir do próximo ano, passando a incluir dispositivos móveis. “Dada a expansão de dispositivos smart, nós naturalmente estamos estudando como podemos utilizá-los em nossos negócios. Mas isso não é tão simples quanto apenas permitir que Mario chegue aos smartphones”, comentou o executivo sem oferecer maiores detalhes sobre possíveis planos da empresa.

Enquanto isso, a companhia deve anunciar os resultados de seu terceiro trimestre do atual ano fiscal no dia 29 de janeiro para, em seguida, realizar uma reunião com investidores no dia seguinte a respeito dos planos da empresa para curto e médio prazo.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.