Voxel
08
Compartilhamentos

Jade Raymond dá dicas sobre futuros projetos durante Fun & Serious Festival

Último Vídeo

Após sair do Motive Studios cerca de um mês e meio atrás, Jade Raymond participou do Fun & Serious Festival de Bilbao e aproveitou para dar algumas dicas de seus planos futuros. Para quem não sabe, Jade ajudou a liderar a criação do estúdio EA Motive e dedicou boa parte de seu tempo trabalhando em um jogo ainda não anunciado.

Embora já seja o terceiro ano sem lançamento de jogos, ficou claro pela aparição de Raymond na Fun & Serious que ela tem pensado muito sobre a forma como a indústria mudou desde que ela se destacou como parte da equipe de Assassin's Creed.

Segundo Jade, nos jogos de ação e aventura tradicionais, o desenvolvedor se baseava em "Que história queremos contar? Qual é o labirinto ou quebra-cabeça que queremos criar em cada nível?", enquanto o jogador deveria apenas aproveitar a história como um "rato no labirinto buscando encontrar o queijo", algo que Assassin's Creed ajudou a continuar perpetuando.

Com relação a jogos de mundo aberto, Jade diz ser diferente: "é sobre criar sua própria história, onde você decide como fazer isso. Você não é o rato no labirinto. Há mais envolvimento do jogador." Com isso em mente, Raymond afirma que o mais importante no momento é descobrir como transformar essa experiência em algo social e diz ainda não ter visto um título que aproveita e incorpora todas essas coisas, embora ela acredite que seja "realmente empolgante" do ponto de vista do desenvolvimento:

"Agora, quando vejo o que está acontecendo, quando vejo as coisas interessantes acontecendo nos jogos, vejo um modelo diferente emergir que eu considero um modelo de 'engajamento de network'. O que isso significa é que você não está apenas considerando o jogador e o criador, mas vários papéis diferentes e todos os papéis intermediários.

Vimos o ecossistema mudar e todos esses novos papéis aparecerem, mas ainda não vimos um jogo que integra todos esses diferentes papéis. O que significa ter um papel como espectador em um jogo e não apenas no YouTube ou comentar em uma stream? Acho que é algo realmente empolgante para pensar se você cria jogos."

Ao ser questionada sobre seu próximo passo, Raymond recusou a oferecer detalhes, mas disse que existe uma ligação entre o que discutiu e seu novo projeto: "Acho que teremos que chamá-lo de projeto secreto por enquanto. Mas se você ouvir algumas das coisas que têm me empolgado, existe uma idéia, uma oportunidade que venho pensando há muito tempo e que estamos finalmente à beira de tornar possível", afirmou.

Apesar do suspense, Jade disse estar empolgada ao ver “idéias que existiam em livros de ficção científica se tornarem realidade, e depois se tornarem normais”, como o Metaverso, por exemplo. Segundo ela, existem várias outras ideias como essa que foram bastante inspiradoras durante sua adolescência e dá a dica: “agora vejo os ingredientes para torná-los uma realidade.”

Quais são suas previsões para o próximo passo de Jade Raymond? Conta pra gente nos comentários!

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.

Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Participe agora deixando seu comentário Acesse sua conta
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários