Voxel

Jogadores criam petição online para EA tirar DRM de SimCity

Último Vídeo

Img_normal

Os problemas com a nova versão de SimCity já devem ser de conhecimento de todo mundo. A Electronic Arts fez o novo jogo com uma DRM que obriga que os jogadores estejam online a todo instante. Dessa forma, caso fossem usados hacks para rodar o game, eles seriam facilmente detectados. Só que os servidores se tornaram instáveis durante o lançamento e muita gente ficou sem jogar.

Esse problema gerou uma insatisfação enorme nos fãs, que acabaram sendo prejudicados após terem comprado o título de maneira legal. A situação acabou sendo global, já que servidores de da Europa, Ásia e Oceania foram afetados com as falhas. Para tentar resolver isso, a EA começou a retirar funções do jogo, buscando estabilizar os servidores e permitir que os fãs joguem SimCity. Agora, esses jogadores resolveram fazer que suas vozes sejam ouvidas, através de uma petição.

Jogadores resolveram seguir os passos de pessoas que reclamaram das práticas da Ubisoft, que usava DRMs que apresentavam problemas similares, pedindo para que a Electronic Arts retire a função que obriga que os jogadores estejam sempre online para poderem jogar SimCity. O pedido também valeria para os futuros jogos que a empresa venha a lançar. Se com a Ubisoft funcionou, por que não tentar com a EA, não é mesmo?

Para participar da petição, clique aqui.

Produtores prometem acabar com todos os problemas do jogo

Em uma entrevista ao site Kotaku, Lucy Bradshaw, gerente geral da Maxis, assumiu o erro e afirmou que a desenvolvedora está trabalhando duro para resolver todos os problemas encontrados em SimCity. Bradshaw afirma que, mesmo com as dificuldades, diversos jogadores estão conseguindo jogar normalmente, e que mais de 700 mil cidades já foram construídas no game.

Segundo a gerente, a Maxis pretende estabilizar os servidores o quanto antes, aumentando o número de jogadores que conseguem acessá-los. Ela também afirmou que foram abertos mais servidores para suportar ainda mais jogadores.

Fonte: Change.org, Kotaku

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.