Voxel

Jogadores “terão algo a perder”, diz diretor sobre multiplayer de The Division

Último Vídeo

Img_normal

The Division foi uma das belas surpresas da E3 deste ano. O game da Ubisoft promete trazer uma experiência multiplayer mesclada a uma ótima narrativa, algo que quase nenhum game consegue fazer com muita maestria. E o multiplayer não será uma jogatina à toa e descompromissada: de acordo com Ryan Bernard, diretor do game, o modo será “significativo” e os jogadores “terão algo a perder”, principalmente no PvP. Portanto, é melhor pensar antes de trollar.

“O PvP é a chave para The Division, é o diferenciador. Os jogadores querem mundos abertos enormes e querem isso online. Sabe, todos hoje saem apertando botões com os diferentes jogos que estão sendo lançados, e certamente estamos falando com esses jogadores também. Então, você precisa ter um gancho em seu jogo, e a maneira como estamos trabalhando com o modo PvP é nossa”, afirmou o executivo ao site Official Xbox Magazine.

Segundo o diretor, o game trará um forte prospecto a quem perder o equipamento e o arsenal nos tiroteios, de forma que coletar esses itens novamente pode ser uma tarefa árdua. Portanto, o jogador deve pensar duas vezes antes da “zoeira” porque isso pode sair caro. “Queremos que o modo PvP seja significativo. E a maneira como esse modo pode ser assim é que você precisa ter algo a perder – não se trata apenas de um score em um mapa multiplayer”, ponderou.

Img_normal

Ainda não está claro se os personagens precisarão se preocupar com suprimentos como comida ou água. As mecânicas do multiplayer, contudo, serão as mais próximas possíveis daquilo que os jogadores de DayZ podem esperar: escassez de recursos, crafting bem aplicado e muita exploração. “Esse é um mundo que está se desmoronando, portanto, mesmo que você seja um membro da Divisão, esse é um lugar assustador”, refletiu Bernard.

The Division leva o selo Tom Clancy, mesmo de Splinter Cell, Ghost Recon e outros games do gênero. O jogo será lançado exclusivamente a PlayStation 4 e Xbox One em algum momento de 2014.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.