Voxel

Kamiya sugere lançamento de Bayonetta ao Wii U; Big N é pressionada

Último Vídeo
Img_normal

O anúncio de Bayonetta 2 como um exclusivo para o Wii U deixou a comunidade gamer bastante agitada – se o jogo não saísse para esta única plataforma, contudo, a sequência a Bayonetta sequer existiria. Fato é que, em outras de suas objetivas e descomplicadas postagens via Twitter, o diretor da franquia e membro também do estúdio Platium Games, Hideki Kamiya, se pronunciou sobre a possível chegada do primeiro Bayonetta ao Wii U.

Em sua primeira publicação, Kamiya fez uma nada discreta recomendação a todos aqueles que desejam jogar Bayonetta 2. “Para as pessoas que não jogaram Bayo1 ainda mas querem jogar Bayo2, eu acho que é uma boa ideia lançar o Bayo1 antes de Bayo2. Espero que isso aconteça”, escreveu o diretor.

Fonte da imagem: Reprodução/Twitter

Significa então que uma versão para o Wii U do primeiro Bayonetta poderá ser lançada? Talvez. “Se a Nintendo decidir lançar Bayo1 para o Wii U, vocês vão conseguir portar [o jogo] a tempo, antes do lançamento de Bayo2? Ou depois [?]”, perguntou um dos usuários via Twitter. “Nós podemos”, respondeu positivamente Kamiya.

Fonte da imagem: Reprodução/Twitter

Pressão gamer: “Operação Anjos Mortos”

Hideki Kamiya diz ser o “Mestre do Twitter”. O executivo é bastante conhecido na rede social do pássaro azul por fazer postagens frequentes e sem muitos pudores sobre jogos. Mas é precisso ressaltar que, até o momento, pronunciamento algum foi feito por parte da Nintendo – não é prudente afirmar, assim, que o primeiro Bayonetta vai chegar gloriosamente ao Wii U.

Desta vez, porém, as recentes e acaloradas publicações de Kamiya foram suficientes para criar um enérgico alvoroço: usuários do fórum NeoGAF iniciaram a ação “Operation Dead Angels” (Operação Anjos Mortos”, em português). A intenção da empreitada virtual é pressionar a Big N por meio de canais como Twitter, fóruns, Facebook e Miiverse – a operação gamer clama pelo primeiro Bayonetta para o Wii U.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.