Voxel

Ken Levine enfrenta problemas sobre a temática adulta e mais séria de BioShock Infinite

Último Vídeo

Fonte: Reprodução/PCGamer
Ken Levine, diretor dos títulos da franquia BioShock, tem enfrentado sérios problemas por causa do enredo sério e voltado para a temática política em BioShock Infinite. Logo no começo do game, você assume o papel de um personagem que sofre os abusos dos ultranacionalistas racistas fundadores da cidade de Columbia.

Essa primeira cena, por mais “pesada” que seja, serve como estopim para a continuidade de todo o enredo do game. Por essa razão, Levine deu uma esclarecedora entrevista ao site PC Gamer a fim de esclarecer as questões mais extremistas que serão tratadas no futuro título da Irrational Games.

O produtor conta que recebeu inúmeros tweets de pessoas se sentindo ofendidas pelas questões que afetam determinadas classes, que foram retratadas ou mesmo aparecem de forma “metafórica” em Infinite. Mesmo que as críticas sejam ferrenhas, Levine fica feliz em recebê-las, pois a ideia de que estes grupos estejam acompanhando o trabalho do diretor pode render muitos frutos para o futuro.

De qualquer maneira, BioShock Infinite tem previsão de lançamento para o próximo dia 26 de março do ano que vem, com versões para PC, PlayStation 3 e Xbox 360, e nós estamos muito ansiosos para jogá-lo!

Fontes: Official Xbox Magazine e PC Gamer

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.