Voxel
20
Compartilhamentos

Killer Instinct não precisará de patches para ser balanceado

Último Vídeo

Img_normal

Uma das novidades prometidas pelo Xbox One é a presença de um sistema de processamento potencializado com a ajuda da nuvem. Em suma, o console contará com o auxílio dos servidores da Microsoft para aumentar em até 4 vezes o seu poder de processamento.

Embora a companhia garanta que esse recurso será excepcional, como você pode conferir neste vídeo, muita gente ainda está receosa se ele realmente proporcionará todo esse aumento no desempenho dos jogos. Recentemente, Torin Rettig, um dos produtores de Killer Instinct, explicou em entrevista para o site GameInformer como esse mecanismo funcionará para manter o game balanceado e equilibrar as lutas.

Lutas mais equilibradas

“Todas as nossas variáveis de como um personagem se comporta existem basicamente na nuvem. Sem precisar de uma atualização ou de um patch do jogo como um todo, nós poderemos ir até a nuvem e mudar essas variáveis sem que o jogador precise saber”, comentou Rettig.

Img_normal

“Nossa ideia é atuar atrás das cortinas, não requerendo o download de uma atualização oficial. Basicamente, o jogo checa pela mais recente versão dos parâmetros de jogabilidade e os utiliza. Sem baixar nada ou exibir um diálogo de confirmação, e o arquivo são tão pequenos que você jamais perceberá a diferença”, complementou ele.

Balanceamento imperceptível

É válido salientar que o Killer Instinct provavelmente contará com updates regulares, já que a Double Helix possui planos de adicionar conteúdos frequentes ao game. Contudo, o balanceamento dos atributos dos personagens acontecerá de forma muito mais eficiente (praticamente em tempo real), sem que os jogadores percebam ou precisem realizar constantes downloads.

O título deve estar disponível no formato “gratuito para jogar” junto com o lançamento do Xbox One, que acontece em novembro.

Fonte: GameInformer

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.