Voxel

Kinect Sports utilizou cerca de 15% das capacidades do periférico

Último Vídeo

Img_normal

Durante uma palestra no Instituto Londrino de Artes Contemporâneas, o programador sênior da Rare, Nick Burton, afirmou que a empresa utilizou algo entre 10 a 15% das capacidades do Kinect durante o desenvolvimento de Kinect Sports. Para ele, o potencial do periférico de controle por movimentos da Microsoft é “virtualmente ilimitado”.

Segundo Burton, a Rare observa com atenção os diversos hacks que exploram as capacidades do periférico, e inclusive chega a testar alguns deles. Para a empresa, a prioridade é fazer com que a forma como o jogador controla o game seja reconhecida pelo Kinect, e não o contrário, de forma que o usuário precise se acostumar com os comandos.

Burton afirmou ainda que simplesmente portar títulos com jogabilidade tradicional para os controles por movimento não funciona. O caminho a seguir é criar jogos especificamente para o Kinect.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.