Voxel

Knack não é só para jogadores jovens, afirma Mark Cerny

Último Vídeo

Img_normal
Além de ser o responsável pela arquitetura do sistema do PlayStation 4, Mark Cerny também desempenha um papel importante no desenvolvimento de um dos títulos de estreia do console: Knack. Em uma entrevista publicada pelo PlayStation Blog UK, ele afirmou que, embora o jogo apele para uma audiência mais nova, a produção não deixa de lado os jogadores hardcore.

Segundo Cerny, o game conta com um nível de dificuldade opcional bastante desafiante, apresentando desafios que exigem cerca de 10 horas para ser completados. “Não é aparente pelo DEMO da E3, mas essa é uma aventura bastante guiada pela história. A primeira vez (que você jogar) deve levar cerca de 10 horas, mas incluímos diversas características que devem tornar interessante uma segunda jogada”, afirmou o desenvolvedor.

“Há centenas de salas secretas e muitas delas contêm baús com tesouros. Alguns deles possuem gadgets que vão ajudam Knack em sua aventura — é preciso coletar todas as partes antes que você consiga construir o objeto. Outros possuem rélicas que, se coletadas em número suficiente, podem destravar variações do personagem que podem ser usados em jogadas subsequentes”.

Mistura de Crash Bandicoot e Katamary

Cerny afirma que a ideia inicial de seu time era criar um personagem que pudesse quebrar elementos do cenário, incorporando-os a seu corpo. Porém, protótipos iniciais mostraram que isso fazia com que em certo ponto o jogador começasse a controlar uma bola disforme de objetos variados — algo que resultou na criação de um protagonista com características mais limitadas.

Img_normal
O desenvolvedor finaliza afirmando que o hardware do PlayStation 4 poupou um ano de trabalho para sua equipe, já que ele permite criar facilmente um personagem feito de 5 mil objetos com física própria. “Do jeito que eu olho para ele (o jogo), há um pouco de Crash Bandicoot lá e um pouco de Katamary Damacy, um game que eu amo e devo ter comprado três ou quatro vezes ao passar dos anos”.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.