Voxel

Kojima respode a perguntas e revela segredos de seus jogos

Último Vídeo

Fonte da imagem: Shumi
Hideo Kojima é um dos nomes da indústria de games que não precisa de apresentações. O renomado designer japonês é o pai das tramas intrincadas e personagens complexos que vimos em Metal Gear Solid. Com 50 anos de idade – e cara de 30 –, ele continua na ativa, com mais dois games da saga com lançamento marcado para o futuro próximo.

Durante a Eurogamer Expo, feira de games que está acontecendo nesta semana no Velho Continente, ele falou um pouco sobre os mais diversos aspectos de seu trabalho, incluindo preferências pessoais sobre a série Metal Gear Solid e características de sua vida pessoal. Confira os principais tópicos abordados por ele.

  • Psycho Mantis, The Sorrow e Snake x Boss


Uma das primeiras perguntas do jornalista Dave Cook, do site VG24/7, foi sobre os momentos preferidos de Kojima em toda a franquia. E uma cena em particular foi a primeira que veio à cabeça do designer: a luta entre Snake e The Boss nos momentos finais de Metal Gear Solid 3.

Para ele, aquela situação mexe não apenas com os brios do próprio protagonista, mas também do jogador em si. É um momento em que a missão deve ser cumprida, mas, ao mesmo tempo, existe muito envolvimento pessoal e emotivo. É um combate não apenas físico, mas também sentimental.

Kojima cita também a luta final de Solid Snake com Ocelot, em Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots. Para ele, aquele é um momento que une como um laço toda a trama da franquia e serve como um retorno às origens. Quanto aos vilões, ele escolheu PSycho Mantis e The Sorrow, devido às maneiras inovadoras com as quais o jogador deve enfrentá-los.

  • Amadurecimento

Fonte da imagem: PPE
Apesar da cara de mocinho, Hideo Kojima já chegou aos 50 anos de idade. E gosta disso. Para ele, ter envelhecido ao lado de seu personagem mais famoso trouxe não apenas amadurecimento como designer, mas também permitiu que ele enxergasse as coisas de maneiras diferentes e criasse situações mais interessantes para os fãs.

“Snake sempre será uma parte de mim”, afirma Kojima. Ele também conta que acredita não ser capaz de retornar à juventude do personagem e, caso essa história um dia acabe sendo contada, ele teria que entregar o projeto a equipes mais jovens na Konami.

Metal Gear Online

Hideo Kojima afirma que a porção online do quarto game da série foi extremamente popular no Japão, por ter sido desenvolvida por produtores daquele país e com foco no mesmo público. No Ocidente, porém, o extra dividiu atenções com outros jogos multiplayer e recebeu muitas críticas. Hoje, a função encontra-se desativada sem previsão de retorno.

O designer considera o extra um sucesso, mas diz estar de olho em novos componentes online que devem ser mais aceitos pelos ocidentais. E revela que algo já está em desenvolvimento nos estúdios da Kojima Productions.

  • Policenauts e Snatcher


Kojima afirma ficar triste ao perceber que séries de aventura como estas não funcionariam no mercado atual. Apesar de sua vontade de criar nos capítulos para ambas, ele sabe que a ideia sempre é criar jogos que sejam aceitos mundialmente, o que pode impossibilitar a tarefa. Ainda assim, essa é uma ideia que ele não parece disposto a deixar de lado.

  • Neil Armstrong

Fonte da imagem: Divulgação/NASA
O primeiro astronauta a pisar na Lua também é um dos grandes heróis pessoais do produtor. Foi Armstrong a grande influência para a criação de Policenauts e, para Kojima, ele era alguém plenamente especial, capaz de executar coisas que outras pessoas não conseguiriam. Foi até por isso que ele decidiu não ser astronauta e seguir uma carreira no mundo dos games. Nós só temos a agradecer por essa ótima escolha.

Fonte: VG24/7

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.