Kratos era 'irritante' e quase foi cortado de God of War, revela diretor

Kratos era 'irritante' e quase foi cortado de God of War, revela diretor

Último Vídeo

Já imaginou um God of War sem Kratos? Acredite: o Fantasma de Esparta correu o risco de ser cortado do último game, revelou Cory Barlog, o diretor-criativo, durante o evento Gamelab, em Barcelona. As informações são do Eurogamer.

"No começo das conversas, as pessoas diziam que precisávamos nos livrar de Kratos. Era, tipo, 'ele é irritante', 'ele já deu'. (...) Kratos não é God of War, a mitologia grega é God of War", contou o diretor, explicando que o guerreiro foi concebido como um anti-herói numa época em que personagens assim eram escassos nos jogos.

A equipe chegou a sugerir um novo protagonista – uma figura diferente de Atreus, que só existe por causa de Kratos, uma vez que é filho do homem – sob o argumento de que a mitologia era mais importante para a franquia do que um personagem. "Eles realmente não gostavam do personagem. Queriam alguém novo. Demorei muito para convencê-los de que seria uma boa ideia [manter Kratos]", revelou Barlog.

O motivo para o espartano mudar de comportamento foi a existência de seu filho, Atreus, que funciona como uma espécie de compasso moral da jornada, extraindo um lado mais humano do pai. Sobre isso, o diretor diz que "não foi uma decisão popular no começo".

E você, imagina God of War sem Kratos? Opine abaixo, na seção destinada aos comentários.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários