Ao lado de NVIDIA, Microsoft anuncia DirectX Raytracing, evolução do DX 12
69
Compartilhamentos

Ao lado de NVIDIA, Microsoft anuncia DirectX Raytracing, evolução do DX 12

Último Vídeo

Em parceria com a NVIDIA, a Microsoft anunciou, na GDC 2018, o DirectX Raytracing, ou, abreviadamente falando, DXR. A tecnologia será construída em cima da atual API do DirectX 12 e promete dar o próximo passo nas possibilidades da atual base de gráficos 3D, o "rasterization" (que seria "rasterização", em tradução livre).

"Isso vai fechar a lacuna entre as técnicas de rasterization empregadas nos jogos atualmente e os efeitos 3D de amanhã", nas palavras da Microsoft. Além disso, a novidade vai "abrir portas para toda uma nova classe de técnicas que nunca foram alcançadas num jogo em tempo real".

Um dos intuitos do Raytracing é gerar dados relacionados aos objetos que não estão visíveis na tela. Isso, de acordo com a empresa, resulta em melhorias visuais. A ideia é substituir o rasterization – mas o processo é gradual e não nasce da noite para o dia.

Estúdios parceiros

Para implementação e familiaridade da tecnologia, a Microsoft trabalha ao lado de desenvolvedores parceiros. Entre os estúdios que vão integrar o DXR em sua engine temos destaques como EA com Frostbite e seu projeto Seed; Epic Games com o Unreal Engine; Futuremark com 3DMark; Remedy Entertainment com sua engine Northlight e outras que serão anunciadas posteriormente.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.