Lançamento de Call of Duty: Advanced Warfare Day Zero foi problemático

Lançamento de Call of Duty: Advanced Warfare Day Zero foi problemático

Último Vídeo

Parece que a ideia de Activision em lançar uma versão Day Zero de Call of Duty: Advanced Warfare não foi lá uma ideia tão boa — pelo menos para os lojistas britânicos. Algumas redes de lojas de games do Reino Unido reclamaram do lançamento, dizendo que a situação foi pouco agradável.

Em entrevista à revista britânica MCV, um informante anônimo de uma das maiores redes de lojas especializadas do país e que o lançamento “foi um dos mais — senão o mais — complicado que ele já viu”.

“Aquilo confundiu os clientes, os funcionários da loja e no fim nós acabamos tendo que vender todas as versões do jogo na segunda-feira”, explicou. A ideia da versão Day Zero era entregar o game um dia antes para aqueles que fizeram a pré-compra do jogo. No caso, no dia 3 de novembro.

Uma bagunça generalizada

Mas parece que as coisas não ocorreram como o planejado. Além dessa situação de confusão sobre as versões, algumas lojas se recusaram a vender o jogo na segunda-feira, mesmo para aqueles que fizeram a pré-compra.

“O lançamento foi uma bagunça generalizada”, disse o diretor da loja de games Chips. “Nós fazemos parte da indústria e não tínhamos certeza do que estava havendo — os clientes certamente não tinham ideia do que acontecia por lá”.

Bom, aparentemente, mesmo com a confusão, isso não impediu que o jogo vendesse rios de cópias. No próprio Reino Unido, Advanced Warfare vendeu em sua primeira semana mais do que Titanfall, Destiny e Wolfenstein: The New Order juntos em suas respectivas semanas de lançamento. Não deixe de conferir também nossa análise e videoanálise do game.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.