League of Legends tem acesso bloqueado no Irã e na Síria

League of Legends tem acesso bloqueado no Irã e na Síria

Último Vídeo

A pedido do governo dos Estados Unidos, a Riot Games decidiu bloquear o acesso aos servidores de League of Legends para todas as pessoas localizadas no Irã e na Síria. Aparentemente, a decisão não pode ser contestada pela desenvolvedora e surge como resultado de sanções que o país decidiu implementar.

League of Legends

“Tais restrições estão sujeitas a mudanças feitas pelo governo dos Estados Unidos, então se e quando isso acontecer, estaremos ansiosos para levá-los de volta ao Rift”, afirma uma mensagem exibida aos jogadores das regiões afetadas. O acesso ao game ainda é possível com o uso de VPNs, o que significa que o bloqueio é baseado simplesmente nos IPs associados aos países.

A Síria foi afetada pelo bloqueio de League of Legends por se aliar oficialmente ao Irã, cujo governo entrou recentemente em mais um conflito com o governo de Donald Trump. O game não está sozinho em sua disponibilidade nos países: tanto o Origin, da Electronic Arts, quanto a Epic Games Store, impedem o acesso e compras de quem mora nessas regiões do planeta.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários