Voxel

Lightning Returns ganha novas áreas e polêmica sobre seios da heroína

Último Vídeo

Img_normal
Lightning Returns: Final Fantasy XIII chega aos consoles só no ano que vem, mas a Square Enix está investindo forte no marketing do terceiro capítulo da saga da heroína durona. E depois de vermos alguns dos polêmicos equipamentos que a protagonista vai usar em sua nova jornada, chegou a hora de conferirmos mais alguns detalhes do que está por vir.

A primeira grande novidade diz respeito à exploração. Depois de trazer pequenas explicações sobre características geográficas de determinadas regiões, o estúdio decidiu finalmente trazer detalhes mais específicos sobre o mundo do game. Durante um evento no Japão, o diretor Motomu Toriyama explicou que teremos quatro continentes e apresentou as especificidades de cada um deles.

Primeiramente, temos o já apresentado Dead Dunes, um enorme deserto no qual a areia e a imensidão vazia esconde relíquias e ruínas que criam uma sensação realista do que é estar no meio do nada. Já em Yusnaan, reencontraremos Snow como uma mistura de governador e general da região. E mais do que colocar os dois aliados frente a frente mais uma vez, o local possui vários pontos de interesse que vão ocupar boa parte de seu tempo limite — lembre-se: o mundo está acabando!

Img_normal
Para quem sentia falta dos Chocobos e da liberdade dos Final Fantasy anteriores, a região de Wildlands deve ser seu novo lar. Como o nome sugere, trata-se de uma vasta área em mundo aberto na qual você poderá explorar à vontade os diferentes tipos de terrenos e localidades. De acordo com o diretor, a grandiosidade pode ser comparada com o que vimos em The Elder Scrolls V: Skyrim.

Por fim, Toriyama apresenta Luxerion. Dominada por um grupo religioso conhecido como “Salvation Council”, a capital do continente oferece um sistema de jogabilidade um pouco diferente daquilo que vemos no restante do jogo. Tudo isso porque Lightning terá de resolver um crime e, para isso, adotará os modos “Detective” e “Tracking”.

Img_normal
Ainda nessa cidade, veremos o retorno — não tão esperado — de Vanille, a irritante donzela do Final Fantasy XIII original. Ela está sob proteção da seita e, se acordo com o diretor do game, teremos algumas grandes novidades sobre ela sendo reveladas em breve.

Além do jogo

E diferentemente de tudo aquilo que vimos nos demais jogos da série, Lightning Returns: Final Fantasy XIII pode finalmente trazer uma opção de New Game Plus. Isso porque, segundo o diretor, a Square está estudando a possibilidade de criar áreas que só podem ser exploradas após o término da missão principal.

Img_normal
A ideia surgiu após alguns dos testers conseguiram derrotar o último chefe em apenas 50 segundos graças à otimização de equipamentos da heroína. Assim, para evitar que boa parte da graça do game desapareça, o estúdio está cogitando trazer inimigos ainda mais poderosos, tanto que o próprio Toriyama se refere a eles como impossíveis.

"Novas" roupas

Além da polêmica roupa de Miqo’te, Lightning terá outras vestimentas já conhecidas dos fãs em seu novo jogo. Todos os uniformes e armaduras visto no Final Fantasy XIII original e sua sequência estarão disponíveis. No entanto, eles não estarão disponíveis em nenhuma área específica do cenário, pois é necessário ter um  arquivo de save dos títulos anteriores para desbloquear os equipamentos.

(Fonte da imagem: Reprodução/Gematsu)
Além disso, a guerreira que também já foi um avatar dos deuses também poderá usar o traje de Yuna, de Final Fantasy X. Batizada de Summoner of Spira, a roupa faz com que Lightning adote movimentos iguais aos da sacerdotisa. Nada foi comentado sobre os benefícios oferecidos.

Polêmica do dia: seios

E se você achou que a polêmica envolvendo o novo Final Fantasy XIII ia se resumir à descaracterização da personagem com a roupa de Miqo'te, se enganou. Durante o evento, um fã questionou se o tamanho dos seios da heroína havia crescido em relação aos jogos anteriores e, para a surpresa de todos, a Square Enix confirmou o detalhe.

De acordo com a empresa, a mudança se deu por conta dos diferentes tipos de roupas. Como são 80 modelos únicos, alguns exigiam um decote um pouco maior para valorizar os "atributos" da heroína, o que resultou em um aplique de silicone.

E não foi só isso. Segundo o designer Nobuhiro Goto, a decisão foi feita pelo próprio diretor do jogo, Motomu Toriyama, e explicou que os seios da personagem vão se mover de maneira bem realista dependendo do equipamento usado e que alguns sites japoneses já dão dicas de como você pode fazer para ter a melhor visão da novidade.

Pelo visto, eu perdi o momento em que Final Fantasy se transformou em Dead or Alive...

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.