Voxel
1.028
Compartilhamentos

Lojas britânicas reagem ao Game Pass e acreditam que vai fortalecer o PS4

Último Vídeo

Recentemente, uma loja austríaca deu o que falar quando anunciou que iria parar de vender Xbox One por causa do Xbox Game Pass, serviço da Microsoft que é denominado como o “Netflix dos jogos”. Agora, mais lojas estão se posicionando negativamente à novidade da empresa, como é o caso de alguns comércios no Reino Unido.

Em entrevista ao site Gameindustry.biz, muitas lojas comentaram que consideram parar de investir no Xbox One ou até mesmo deixar de alimentar os estoques com jogos novos, já que Sea of Thieves e outros games first-party chegarão no dia do lançamento ao Xbox Game Pass. “Se eles farão isso mesmo, eu não me importarei mais em estocar Xbox One”, disse a loja Stan’s Games.

A loja também comentou que, com sorte, lucra apenas 3 ou 4 libras esterlinas por jogos novos, como Monster Hunter World. Seguindo essa escala, a Microsoft vai matar o mercado de usados, de acordo com o dono da Stan’s Games. Mas os relatos não param por aí. O estabelecimento Sholing Video disse que Sea of Thieves será um game que eles não vão colocar no estoque.

Xbox One

Já a Console Connections, outra loja britânica, foi além: segundo eles, isso só vai fortalecer a Sony em outras lojas em um mercado já dominado pela Sony (vale lembrar que a marca é bem forte por lá). “Se um cliente entra em uma loja e a opção que ela pode oferecer é um Xbox, que as pessoas nunca mais voltarão para comprar jogo no local, ou um PlayStation, que oferece a chance do consumidor voltar para comprar games, a loja vai oferecer o PlayStation”, disse o representante da Barkman Computers.

As lojas acreditam que as baixas vendas de jogos do Xbox One sofrerão ainda mais com o Game Pass

Por que isso? Basicamente, os lojistas dizem que os consoles são como investimentos: para cada video game vendido, há a chance de o consumidor voltar na mesma loja para comprar jogos, criando uma renda duradoura. Sem essa chance, já que o consumidor consegue uma biblioteca enorme por um preço pequeno no Xbox Game Pass, a loja sai no prejuízo.

O impacto pode ser grande assim? E o outro lado?

Segundo uma das lojas, o impacto pode não ser tão grande no Reino Unido, mas isso não é necessariamente bom. De acordo com o estabelecimento em questão, as vendas de Xbox One já são tão baixas que, no fim, pouco vai mudar. “Nossas vendas são predominantemente de PS4. A estimativa é de 5 [PS4] para 1 [Xbox One]. Para cada 20 jogos de PlayStation que vendemos, apenas 1 é para Xbox One. Não vai nos impactar tão massivamente”, disse a loja.

Xbox One, PS4

Apesar de todas essas informações negativas, é sempre válido lembrar que o mercado britânico é um dos que o Xbox não tem a preferência, o que acaba gerando essa controvérsia. Além disso, praticamente toda mídia já passou por isso: os CDs, os livros, jornais, filmes... todos transitaram para o formato digital predominante algum dia e isso levantou alardes.

Toda mídia já migrou para o digital e enfrentou ruídos de lojistas: será que isso é só mais um caso ou há mais do que aparenta?

Claro, a indústria de games é diferente, já que os jogos estão atrelados a pouquíssimas opções de máquinas, e uma decisão como a da Microsoft realmente pode ter mais impacto sobre os lojistas. De qualquer forma, parece que para o consumidor o serviço tem sido muito bom – que é um dos pontos mais importantes.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.