Mancada: atividades de Destiny 2 são bloqueadas para quem não comprou o DLC
369
Compartilhamentos

Mancada: atividades de Destiny 2 são bloqueadas para quem não comprou o DLC

Último Vídeo

Após se envolver em polêmicas relacionadas aos sistemas de experiência de Destiny 2, a Bungie tomou uma decisão que deve ajudar a manchar um pouco mais sua imagem perante aos jogadores. Aparentemente, algumas das atividades do endgame do jogo não estão mais acessíveis a quem tem a versão básica do jogo, sendo preciso ter a DLC Maldição de Osiris para voltar a acessá-las.

O problema acontece em atividades como as strikes Nightfall e as versões de prestígio desses desafios. Se antes os jogadores podiam atingir o nível de luz 305, agora o limite passou para 330 (somente para quem comprou a expansão) — algo que resultou em um aumento no nível recomendado para participar de todas as missões de alto nível.

Destiny 2

O resultado dessa mudança é simples de perceber: incapazes de progredir acima do nível 305, os jogadores que continuam no Destiny 2 básico têm menos chances de aproveitar as atividades mais desafiadoras. Enquanto a Nightfall passou a exigir o nível 270 (antes era 240), o Leviathan agora recomenda o nível 290 (antes era 280).

Na prática, ainda é possível participar das versões convencionais dessas atividades, mas quem não comprou o DLC dificilmente vão conseguir vencê-las no nível de prestígio. Com isso, os jogadores que não “se atualizaram” têm que abrir mão de algumas das melhores recompensas e desafios do jogo de ação.

Playlists restritas

A Maldição de Osiris também trouxe do Destiny original as playlists heroicas, que também não estão acessíveis para os jogadores da versão básica — mesmo que o nível de luz recomendado para elas seja 270. No entanto, há indícios de que essa se trata de uma restrição temporária, tal qual a Bungie implementou quando The Dark Below chegou ao primeiro jogo da série.

Destiny 2

Para completar, quem não comprou o DLC não pode acessar as playlists novas do Crisol, uma vez que elas acompanham os mapas inéditos apenas. Em compensação, ainda é possível participar de jogos rápidos e das playlists dedicadas à cena competitiva do game.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.