Mercado de games no Brasil dobrou nos últimos quatro anos

Mercado de games no Brasil dobrou nos últimos quatro anos

Último Vídeo

O mercado de games no Brasil vem evoluindo bastante e, mesmo com as dificuldades enfrentadas, vem conseguindo firmar seu lugar e produzir cada vez mais títulos, fortalecendo a indústria de jogos por aqui. Uma amostra disso é o número de desenvolvedoras que surgiram no país, o dobro do que tínhamos há apenas quatro anos atrás.

Durante o BIG Festival 2019, Sandro Manfredini, presidente da Abragames, revelou que o setor começou a crescer no país há 25 anos, com empresas como a Southlogic e a LocZ, fundadas em 1996 e 1997 respectivamente. Em 2004, com a criação da Abragames, surgiu um esforço maior para que o mercado de games crescesse no país. Em 2014, o Brasil contava com 133 empresas de jogos, com 1.133 funcionários.

(Fonte: Pexels)

Em 2018, foi feito um novo censo que mostra que o número de companhias deu um salto para 276 estúdios, com 2.731 funcionários empregados. Somente em 2018, os brasileiros consumiram aproximadamente R$ 5,8 bilhões em games, se tornando o 13º maior mercado de jogos no mundo, de acordo com a empresa Newzoo.

Com uma população de aproximadamente 211 milhões de habitantes, 142 milhões de pessoas têm alguma forma de acesso à internet e 75,7 milhões afirmam jogar títulos em celulares, PCs e/ou consoles.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários