Metroid Prime 4: Nintendo pode ter terceirizado desenvolvimento (RUMOR)

Metroid Prime 4: Nintendo pode ter terceirizado desenvolvimento (RUMOR)

Último Vídeo

No início de 2019, os fãs ficaram chocados quando receberam a notícia de que a Nintendo havia reiniciado o desenvolvimento de Metroid Prime 4, atrasando o lançamento do jogo em vários anos. Agora, se uma descoberta do YouTuber, Doctre81, for dada como verdade, o jogo pode chegar mais cedo do que o esperado.

Em uma pesquisa on-line, o YouTuber acredita que encontrou a "prova definitiva e indiscutível" de que o trabalho no ambiente do jogo está sendo terceirizado. Publicado há menos de um dia, encontra-se uma lista de vagas para a Retro Studios e um contrato para um artista de revisão de terceirização de ambiente. Doctre81 ainda explica como está a descrição da função em questão:

“Revise o conteúdo terceirizado para garantir que os resultados finais reflitam a visão artística desejada.”

Embora o jogo em si não seja mencionado, a descrição mostra como os papéis exigem que o indivíduo teste os níveis no jogo e "avalie" a estética e o desempenho no Switch.

Você pode ver o resumo completo no vídeo abaixo:

Atualmente, a terceirização não é fora do comum quando se trata de grandes projetos de jogos para videogames. A Nintendo, em particular, frequentemente chama várias equipes para ajudar com suas principais franquias. Monolith Soft (o desenvolvedor de Xenoblade Chronicles), por exemplo, ajudou no projeto paisagístico de The Legend of Zelda: Breath of the Wild. A Bandai Namco também ajudou a desenvolver jogos da Nintendo, como Super Smash Bros. Ultimate e séries como Mario Kart.

A Retro Studios foi a desenvolvedora da trilogia Metroid Prime, passando do GameCube ao Nintendo Wii. Metroid Prime 4 será um jogo exclusivo para Nintendo Switch, mas está sem data de lançamento até o momento.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários