Voxel

Microsoft bane gamers que usam Skype e Upload Studio para "profanidades"

Último Vídeo

A Microsoft aparentemente está banindo temporariamente alguns usuários dos aplicativos de Skype e do Upload Studio no Xbox One, que estavam usando os programas para realizar o que a companhia chamou de “profanidades”. Essa situação foi descoberta por meio de uma grande quantidade de manifestações no reedit e em alguns fóruns específicos sobre o console.

Os jogadores contam que depois de terem realizado o download de alguns clipes de jogabilidade, nos quais eles não moderam o linguajar ao usar o Upload Studio (ou ate mesmo em sessões privadas no Skype), o sistema do Xbox One não opera mais os programas. Quando os gamers tentam usar alguma das funcionalidades, são proibidos por uma mensagem na tela, que os recomenda “escolher alguma outra coisa para fazer” — como você pode conferir na imagem acima.

De acordo com o depoimento de mais de dez donos de Xbox One que sofreram este mesmo problema, quando a mensagem aparece somente é possível enviar material de títulos que forem classificados como “M” (ou “indicado para maiores de 17 anos”), pois essas mesmas obras já preveem o uso de “profanidades”.

Garantindo um mundo livre de obscenidades

Sobre essa questão, o pessoal do site Polygon alertou a Microsoft, no sentido de buscar um esclarecimento maior sobre o que estaria de fato ocorrendo com esses gamers. Um correspondente da companhia respondeu ao portal, afirmando que a Microsoft não monitora conversas provadas no Skype.

Entretanto, o uso exagerado de “profanidades” dentro dos vídeos postados com o Upload Studios serão sim passíveis de sofrerem punições mais severas. “Para ser mais exato, a equipe de moderadores da Microsoft não monitora nenhuma conversa que seja feita entre duas pessoas”, afirma o representante da companhia.

“Além disso, nós levamos o nosso código de conduta dentro do Upload Studio muito a sério. Nós queremos garantir aos jogadores um ambiente seguro, limpo e divertido, que possa proporcionar diversão para quem quer que use o serviço”, conclui o porta-voz da empresa. Portanto, ficaremos ligados para saber se mais pessoas irão sofrer as mesmas punições e se a Microsoft tem mais esclarecimentos sobre isso. Continue acompanhando o BJ para não perder nenhuma novidade!

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.