Voxel

Microsoft detalha novo sistema de reputação do Xbox One

Último Vídeo


A Microsoft está realmente empenhada em melhorar o ambiente online da Xbox Live. Após o anúncio do Smart Match e do Community Level, a empresa detalhou mais algumas das novidades que chegarão à rede para acabar com a patifaria dos jogadores mal intencionados.

Em uma postagem no site oficial do Xbox, o diretor de programa da Live, Michael Dunn, explicou que a empresa está trabalhando arduamente na reformulação do sistema de reputação para que ele se torne ainda mais eficiente, permitindo que você tenha mais controle na hora de filtrar as pessoas com quem você não quer jogar.

Segundo ele, assim como no mundo real, a Live reúne todo o tipo de pessoa, embora isso não signifique que você precise interagir com todos eles. Desse modo, o modelo de reputação aplicado no Xbox One vai impedir que cheaters ou jogadores babacas estraguem sua diversão nas partidas online.

Como Dunn apresenta, a ideia central é fazer com que o comportamento nocivo resulte em consequências reais, além de facilitar o acesso às ferramentas de denúncia. Desse modo, você pode bloquear um engraçadinho ou calar seu microfone de maneira muito mais simples do que o Xbox 360 oferece atualmente.

É a partir desse tipo de feedback que o novo sistema de reputação vai funcionar. Graças a um algoritmo criado pela Microsoft, todas as notificações sobre um usuário serão computadas e vão ajudar a classificá-lo como um bom jogador, alguém que precisa melhorar ou aquela desgraça que você deve evitar — representados, respectivamente, pelas cores verde, amarela e vermelha em seu card de jogador.

De acordo com Dunn, isso vai permitir que você já saiba a natureza do outro gamer no exato instante em que olhar sua Gamertag. E para tornar as coisas mais justas, os jogadores que estiverem caminhando para a lista negra da Live receberão diversos alertas de que estão na zona de perigo como uma forma de fazê-los repensar suas atitudes antes de serem taxados como nocivos.

E para tornar o processo mais eficiente, o diretor de programa explica que o algoritmo é sofisticado o suficiente para impedir que pessoas inocentes sejam punidas a partir de falsas reclamações feitas por alguns trolls. Segundo Dunn, há todo um cálculo envolvendo a quantidade de denúncias e o período de tempo para que alguém entre na lista de jogadores que precisam melhorar seu comportamento.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.