Voxel
13
Compartilhamentos

Microsoft diz que jogadores não ficarão “sobrecarregados” com conquistas adicionadas posteriormente no Xbox One

Último Vídeo

Fonte: Reprodução/WeddingBee

Se você é um “achievement hunter” (caçador de conquistas), provavelmente deve lamentar o tempo gasto – mas nunca perdido! – executando tarefinhas chatas e outros afazeres desagradáveis só para pontuar a gamertag e mostrar aos amigos que você arrancou o máximo possível de um determinado game. Respire, conte até três e vá ao próximo jogo... Não, espera! Mais conquistas foram adicionadas ao game. Quanto tempo é preciso ter disponível, não? Mas a Microsoft garante que está fazendo de tudo para que isso não “sobrecarregue” os jogadores no Xbox One.

O próximo console da Microsoft, como todos sabemos, permitirá que os desenvolvedores incluam conquistas a um game após o lançamento dele. Chad Gibson, chefão de programação da Xbox LIVE, disse que as conquistas adicionais podem ser liberadas em intervalos semanais ou até mesmo trimestrais para manter o interesse do jogador num determinado título.

“Estamos cientes de que, com essa grande quantidade de jogos que saem atualmente, três atualizações posteriores são uma boa evolução do game – ele será um jogo diferente que foi modificado e ajustado com base naquilo que as pessoas estão gostando e na maneira como estão se divertindo. Acreditamos que as conquistas adicionais devem atingir esse objetivo”, disse o executivo ao site Official Xbox Magazine.

Parabéns! Você não tem vida! Fonte da imagem: Reprodução/White Scars

Segundo Gibson, o método seria ideal para manter o interesse num game. “Se o jogo está no mercado há algum tempo, por exemplo, um ano, provavelmente haverá 2.000 pontos de conquistas totais para o Gamerscore daquele game. Os colecionadores vão ter mais trabalho a fazer”, afirmou.

Isso, naturalmente, poderia sobrecarregar a jogatina. Questionado sobre a possibilidade, Gibson foi enfático: “Temos as nossas políticas para os desenvolvedores para assegurar que as coisas não saiam de controle. Por exemplo, não queremos que um jogo ofereça 10.000 de Gamerscore toda hora para que as experiências do usuário sejam racionadas. Eles terão uma oportunidade de completar tudo sem se sentir sobrecarregados”, completou.

Caçadores de conquistas de plantão, uni-vos.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.