Voxel

Microsoft explica origem do "One" de seu novo Xbox

Último Vídeo

Fonte da imagem: Reprodução/CNET

Seria uma referência a obras icônicas do cinema como Matrix ou Highlander? Nada disso. A explicação ao nome adotado pelo mais novo console da Microsoft é bastante “modesta”. De acordo com Jeff Henshaw, um porta-voz da companhia responsável pelo lançamento do sucessor do Xbox 360, “este aparelho é revolucionário, uma vez que vai permitir experiências plenas de entretenimento entre os jogadores e o Kinect”.

O representante da companhia prossegue e afirma que, “em outras palavras, ele [o novo console] é chamado de Xbox One porque ‘concentra em si’ o melhor de tudo”. Henshaw faz referência ao software de ponta do dispositivo: “ele realmente incorpora o conceito passado pelo nome, pois traz uma combinação robusta entre [um processador de] oito núcleos, 8 GB de RAM, uma memória super rápida e um poderoso SoC”.

Fonte da imagem: Reprodução/Techradar

Também na opinião do executivo, há diferenças brutais entre ambas as gerações de consoles da Microsoft – compará-las, de acordo ainda com Jeff Henshaw, é praticamente impossível. “A experiência com o novo Xbox foi aprimorada dramaticamente. Não há mais semelhança entre os dois [consoles]. Você não pode confundi-los de jeito algum”, sustenta de forma veemente o porta-voz da Microsoft.

Por fim, e em resposta a uma das perguntas formuladas pelo site CNET, Henshaw diz que “quando as pessoas dizem ‘Xbox One’, isso reflete uma nova geração de experiências. E não. Não acho que vai haver confusões entre ambos os consoles”, finaliza o entrevistado.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.