Voxel

Microsoft não pretende lançar o Xbox One sem o novo Kinect

Último Vídeo


Após abandonar a exigência de uma conexão constante e permitir a troca de jogos usado, esta semana a Microsoft decidiu reverter outra política do Xbox One e afirmou que o console não dependerá do Kinect para funcionar. No entanto, a empresa descarta a possibilidade de vender uma versão do dispositivo que não acompanha o acessório.

Em uma entrevista concedida à seção Q&A do Reddit, Larry Hryb, diretor de programação da Xbox LIVE afirmou que não há qualquer previsão de que isso possa mudar. “Não temos planos em relação a isso. Apoiamos 100% o Kinect”, afirmou ele.

A decisão de manter o acessório, embora torne o console mais caro que o PlayStation 4, faz bastante sentido em um momento posterior. Não só isso permite que a empresa invista mais em sua estratégia “all-in-one”, como a presença do produto na casa de todos os compradores do console serve como estímulo para que desenvolvedores aproveitem das funcionalidades proporcionadas por ele na hora de desenvolver algum game ou aplicativo.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.