Voxel

Microsoft: uma relação forte com o indie, “embora nem todos nos amem”

Último Vídeo

Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft

Considerando-se que o nicho de jogos independentes se torne mesmo um dos principais campos de batalha para a próxima geração, mesmo as grandes desenvolvedoras terão que se aliar aos desenvolvedores estilo “exército de um homem só”. E a Microsoft parece bastante atenta a isso, conforme fez questão de enfatizar o vice-presidente da Microsoft Game Studios, Phil Spencer.

“O nosso relacionamento com a comunidade indie sempre foi muito forte”, disse Spencer, em entrevista ao site GameInformer. “Isso não significa que todos nos amam. Mas se considerar a torrente de conteúdos durante a geração do [Xbox] 360 e os jogos independentes que debutaram nele, você perceberá claramente que as pessoas estão colocando seus jogos na nossa plataforma.”

As vantagens da nuvem

De acordo com o executivo, a predileção pelo sistema da Microsoft pode ser percebida pelo número de inscritos no programa ID@Xbox. “Nas primeiras três horas, nós tivemos centenas e centenas de signatários.” Para ele, um dos fatores que têm atraído a atenção do nicho independente é a integração do Xbox One com o processamento em nuvem, o que conferiria flexibilidade adicional.

Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft

“Tanto o Kinect quando a Cloud tem se mostrado interessante para as desenvolvedoras independentes”, ele diz. “Se você possui um estúdio com apenas duas pessoas, então você provavelmente não investirá em uma torre de servidores. Você não saberia quantas comprar ou a que proporção o projeto pode chegar.”

Por outro lado, a Microsoft acena com “300 mil servidores”, sem qualquer necessidade de informar demanda. “Você nem precisa saber de quantos vai precisar.” Segundo Spencer, o espaço necessário para o jogo será equacionado posteriormente pela própria companhia. “Essa tem sido uma das utilizações mais interessantes”, conclui.

Fonte: GameInformer

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.