Voxel
169
Compartilhamentos

Mike Ybarra, da Microsoft, se posiciona sobre polêmica de crossplay da Sony

Último Vídeo

Na semana passada, a Sony (através do CEO Kenichiro Yoshida) revelou o motivo pelo qual o PlayStation 4 não tem cross-play no Fortnite e a resposta não foi das mais agradáveis a todos os ouvidos. Agora, o vice-presidente da Microsoft, se posicionou sobre o assunto e disse que a empresa “ainda não está escutando os jogadores”.

De uma maneira geral, Ybarra acredita que a Sony não está oferecendo a flexibilidade e progressão que o cross-play permite e que é desejado pelos jogadores. O posicionamento veio através de um tweet em que Ybarra compartilhou a notícia sobre a declaração da Sony. Vale reforçar que a declaração não parece ser um alfinetada e sim uma opinião. Confira:

“Ainda não estão ouvindo os jogadores. Todos os jogos deveriam ser cross-play e com progressão compartilhada, com a flexibilidade certa e com opções para os jogadores”, disse Mike Ybarra no Twitter.

A declaração tem a ver com o pronunciamento de Yoshida, que disse que os gamers de PlayStation 4 já tem o melhor lugar para jogar e que a Sony oferece a melhor experiência, quando, na verdade, muitos jogadores gostariam de ter o cross-play na plataforma (e, na teoria, isso não se reflete ao que os jogadores querem de verdade e condiz com o que Ybarra disse: “ainda não estão ouvindo os jogadores”).

E, por fim, Ybarra também respondeu a um comentário na publicação que dizia que a Sony está vencendo o Xbox por anos consecutivos. “Nós temos Windows e consoles. Uma audiência gamer que quer jogar junto. Jogar é uma coisa diversa, e se você apenas atende a uma parte da sua audiência, você está para trás em muitas, muitas formas”, disse Ybarra.

E aí, o que você acha de tudo isso? Não seria benéfico a Sony facilitar o cross-play de Fortnite e se unir a todas as demais plataformas? Ou está certo que o PlayStation restrinja o seu público de Fortnite lá dentro?

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários