Voxel

Mini mapa vai voltar em Call of Duty Modern Warfare: dev confirma ao Voxel

Último Vídeo

Durante a BGS 2019, tivemos a chance de conversar com Oscar Lopez, designer de multiplayer e artista da Infinity Ward e que atualmente trabalha em Call of Duty: Modern Warfare. Entre muitos assuntos da entrevista, o desenvolvedor confirmou ao Voxel que o mini mapa voltará a ser fixo depois de coletar feedback dos fãs no Beta do game, que aconteceu recentemente.

Desde que o Beta começou, muitos jogadores tiveram opiniões variadas sobre a remoção do mini mapa até nos modos convencionais (antes algo exclusivo dos modos Hardcore), pois tornava a localização e familiarização dos mapas mais difícil, mas também oferecia uma nova abordagem mais tática e cautelosa nas partidas.

A

Particularmente, este foi um elemento que gostei bastante. Contudo, Lopez revelou que, de fato, isso pode ser um fator que afaste algumas pessoas, principalmente iniciantes e jogadores que jogam menos, pois cria obstáculos para que os usuários compreendam melhor o level design de cada mapa. Se considerarmos que agora há novas modalidades, como o Ground War, que tem 64 jogadores e um espaço para explorar muito maior, realmente pode ser um elemento importante para guiar cada jogador.

Um jogo com suporte de muitos e muitos anos

Infelizmente, Oscar Lopez não pôde compartilhar detalhes sobre novos modos ou adições que ainda não sabemos sobre Call of Duty: Modern Warfare. Contudo, o produtor revelou que, diferentemente de outros títulos da franquia, o reboot da subsérie da Infinity Ward terá um suporte que durará muitos anos, possivelmente uma década.

Em outras palavras, isso pode significar adição de novos mapas e modos ao longo da vida de Call of Duty: Modern Warfare e tornar o jogo quase como uma “plataforma” atrativa para que os jogadores continuem a jogar mesmo depois de novos lançamentos da franquia.

Modern Warfare: moderno, não futurista

Durante a entrevista, o produtor endossou que Call of Duty: Modern Warfare traz uma experiência mais pé no chão e sem gadgets futuristas como os outros que apareceram em títulos anteriores. Contudo, vale ressaltar que o jogo ainda é uma obra fictícia e há liberdade poética para trazer equipamentos militares contemporâneos.

A

Apesar de não poder confirmar o que exatamente Modern Warfare trará à mesa, é possível chutar que dispositivos como as granadas que detectam a localização inimiga e outros acessórios menos realistas que já apareceram no Beta sejam mecânicas que ajudam o multiplayer a ser mais dinâmico, mas possivelmente não teremos nada como roupas futuristas, pulos duplos e outros sistemas que deram as caras em games do passado.

Call of Duty: Modern Warfare está a poucos dias de seu lançamento, mas a Infinity Ward e a Activision está guardando cartas na manga para oferecer surpresas aos jogadores na versão final, então pode esperar por muito conteúdo inédito quando o game lançar no Xbox One, PlayStation 4 e PC no dia 25 de outubro de 2019.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários