Voxel

Mirror’s Edge 2 era demais para a atual geração

Último Vídeo


A franquia Mirror's Edge está apenas em seu segundo game e já ganhará uma prequência. De acordo com o vice-presidente da Electronic Arts Labels, Patrick Soderlund, a ideia dos novos títulos da série é sempre criar os “jogos certos”, mesmo que isso leve um longo tempo. Foi essa mesma abordagem que acabou deixando o próximo episódio fora do PlayStation 3 e Xbox 360.

Segundo Soderlund, Mirror’s Edge 2 é “demais” para a atual geração de consoles e um lançamento para as plataformas contemporâneas acabaria deixando muito de fora. O executivo deixa detalhes de fora em sua fala, mas conta que os elementos inéditos têm foco na jogabilidade, melhorando aquilo que já era bom e minimizando o que era visto como falha no primeiro jogo.

Ele lembra que o pontapé inicial no título foi dado pela produtora executiva Sara Jansson, que apresentou sua visão do título e as sugestões de mudanças a serem realizadas. A seguir, o trabalho começou com um time composto por gente que havia trabalhado no primeiro Mirror’s Edge e novatos na franquia, de forma a garantir um bom equilíbrio entre as tradições e as inovações.

Ao final, Soderlund definiu Mirror’s Edge 2 como uma “ideia de próxima geração, com execução de próxima geração. Um jogo que não pode ser construído em uma máquina [atual]”. O game vai sair para PC, PlayStation 4 e Xbox One no ano que vem.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.