Voxel

Miyamoto: remakes de Zelda e Star Fox vêm para corrigir desempenho dos originais

Último Vídeo

Img_normal

Quando a Nintendo anunciou os principais títulos para o 3DS, muita gente estranhou os remakes de The Legend of Zelda: Ocarina of Time e Star Fox 64. O que a “Big N” planejava com esses relançamentos? Eis que Shigeru Miyamoto veio a público esclarecer os porquês.

De acordo com o criador das séries, os remakes vêm, primeiramente, para apresentar às novas gerações dois dos maiores clássicos da empresa, além de oferecer a experiência para quem pôde aproveitar as aventuras de Link e Fox no passado. No entanto, a maior razão não é essa.

Em entrevista ao Iwata Asks (um quadro no site da Nintendo em que os desenvolvedores respondem perguntas do presidente da companhia), Miyamoto afirmou que nunca esteve satisfeito com o desempenho desses títulos no Nintendo 64. Segundo ele, a tecnologia da época era muito limitada, o que fez com que o visual fosse repleto de polígonos e com uma quantidade de quadros por segundo que não o agradaram.

Portanto, o lançamento do novo portátil fez com que essa vontade de ir além fosse concretizada. Isso sem falar do efeito 3D, algo que o pai de Mario afirma estar ansioso para ver nos campos de Hyrule. Outro ponto mencionado por ele foi a existência de conteúdo adicional não existente na versão original. Embora nada tenha sido especificado, acredita-se que a Master Quest – missão extra adicionada na versão para GameCube – estará presente.

Já em relação a Star Fox, o desenvolvedor afirma que o game do N64 era muito simples por não existir uma sensação de profundidade apurada na tela de TV, algo que o 3DS é completamente capaz de fazer.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.