Moeda para microtransações chega a Call of Duty: WWII na próxima semana
182
Compartilhamentos

Moeda para microtransações chega a Call of Duty: WWII na próxima semana

Último Vídeo

A Activision revelou na última segunda-feira (6) que Call of Duty: WWII vai ganhar em breve uma atualização que introduz uma moeda específica para a compra de microtransações. Conhecido como “COD Points”, o recurso será introduzido no dia 14 de novembro com o único intuito de permitir que os jogadores comprem caixas de loot.

A única maneira de adquirir a moeda virtual será investindo dinheiro real nelas, algo que permite que você acelere um pouco a maneira como o sistema de progressão do game funciona. Parte da série desde 2014 (quando Advanced Warfare chegou às lojas), o recurso é uma das formas que a Activision encontrou para convencer alguns jogadores a investir mais do que o preço-base cobrado pelo título.

Call of Duty

Em WWII, as caixas de loot (chamadas aqui de Supply Drops) só podem ser compradas nos espaços sociais e são abertas em público — ou seja, todo mundo pode ver (e invejar) os itens que você conseguiu. As caixas com itens estão integradas ao sistema de missões do título, que recompensam jogadores que assistirem outras pessoas abrirem pelo menos 3 carregamentos de suprimentos.

Segundo a desenvolvedora Sledgehammer Games, todas as armas e equipamentos adquiridos através das caixas com itens aleatórios têm caráter meramente estético. Em outras palavras, ela promete que não há um sistema “Pay to Win” em ação e que jogadores mais habilidosos que não comprarem nenhum equipamento extra ainda vão ter a vantagem nas partidas competitivas.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.