Voxel

Multiplayer de Ryse: Son of Rome terá microtransações

Último Vídeo

Img_normal
Apesar de ser um dos títulos mais aguardados do Xbox One, Ryse: Son of Rome acaba de ganhar uma novidade que pode não agradar todo mundo. Em entrevista ao site VideoGamer, um dos produtores do título deixou escapar que o game que transformará os jogadores em gladiadores vai trazer microtransações para o modo multiplayer.

Segundo ele, essas pequenas compras vão ajudar os guerreiros a evoluírem mais rápido. Como o desenvolvimento de seu guerreiro se dá a partir de armaduras que você desbloqueia, os jogadores poderão adquirir novas peças para agilizar essa ascensão dentro das arenas.

Ele compara o sistema com aquilo que outros títulos, como Mass Effect e FIFA, oferecem. Nas partidas online, o jogador receberá uma premiação em ouro que poderá ser usada para comprar “pacotes de vantagens”, sendo que o conteúdo desses packs é sempre aleatório. Assim, você pode tanto obter um item inútil quanto um equipamento raro que pode destacá-lo dos demais gladiadores.

Img_normal

Os pacotes serão divididos em categorias — Bronze, Prata e Ouro — e você pode usar tanto o ouro conquistado com suas vitórias quanto dinheiro real para adquirir esses packs. Além disso, o produtor sugeriu que você pode misturar as duas formas de pagamento para tornar todo o processo mais amigável, ou seja, usar seu cartão de crédito para completar a quantia em ouro que falta para comprar uma armadura específica, por exemplo.

Por fim, ele completou dizendo que Ryse: Son of Rome trará também mapas destinados às pessoas que querem evoluir rapidamente. Assim, é possível pagar uma quantia específica para desbloquear cenários que vão trazer mais experiência ou uma recompensa maior a cada vitória.

No entanto, vale lembrar que essas informações vieram de um bate-papo entre o pessoal do Videogamer e um dos produtores que acompanhava a demonstração durante a gamescom — tanto que seu nome nem foi revelado —, o que torna todos os detalhes ainda bem nebulosos. Esperamos que a Microsoft ou a Crytek expliquem o funcionamento desse recurso em breve e espantem o fantasma do “pay-to-win” que paira sobre o game.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.