Mundial de LoL 2017 dia 2: Dire Wolves e Gambit Esports eliminados

Mundial de LoL 2017 dia 2: Dire Wolves e Gambit Esports eliminados

Último Vídeo

O segundo dia do mundial serviu para definir as equipes que avançariam para a fase eliminatória em melhor de 5, e não faltou emoção.

No grupo A, sem surpresas. Repetindo a receita do primeiro dia, Team WE e Lyon protagonizaram outra partida inesquecível, que garantiu a permanência dos chineses no torneio. No confronto entre Lyon e Gambit, os mexicanos não decepcionaram, mantiveram o ritmo forte e venceram, avançando para a fase eliminatória de melhor de cinco.

No outro grupo a Cloud 9 fez seu papel de favorita e não deu chance para Team One e Dire Wolves, vencendo ambos os jogos e se classificando invicta. A única chance do Brasil passar era vencer seu jogo contra a equipe da Oceania para forçar um jogo de desempate, e foi isso que os golden boys fizeram). Confira como foram as demais partidas do dia:

Lyon (Mexico/LLN) x Team WE (China/LPL)

A equipe da Lyon foi um dos destaques no primeiro dia do mundial. Mesmo perdendo para a equipe chinesa na estreia, os leões mostraram um jogo forte e com capacidade de adaptação. Os mexicanos montaram uma formação com bom potencial de combo com os campeões Rakan e Galio. Os chineses decidiram trazer o famigerado Ezreal na selva, para acelerar o jogo. Como resposta, os latinos trouxeram um Kha'zix para confirmar que a partida seria realmente acelerada. Logo aos 2 minutos, Condi, da Team WE, invade a selva inimiga, mas se arriscar a trocar dano sozinho contra um Kha'Zix não é uma boa ideia, e ele é eliminado, com a ajuda do Galio (Jyrall), cedendo o primeiro abate. Percebendo que está em desvantagem nas trocas, a Team WE trava o jogo e garante um dragão da montanha e primeira torre por volta dos 17 minutos. A Lyon força a rota inferior, e com a ajuda do arauto leva duas torres, mas, em troca, os chineses fazem o barão aos 20 minutos. Aos 37 minutos e com 8 mil de ouro na frente, a Team WE aproveita a clara vantagem e parte para o dragão ancião. Em uma reviravolta, o jungle da equipe adversária entra no covil e rouba o objetivo, mas é eliminado em seguida. Mesmo com a perda do bônus ancião, os chineses rumam para o barão, conquistam um ACE e vencem a partida!

Cloud 9 (Estados Unidos/LCS NA) x Dire Wolves (Oceania/OPL)

O embate do primeiro dia entre as equipes foi um passeio para a Cloud9, mas não foi o caso dessa partida. Logo aos 2 minutos a Dire Wolves arma uma emboscada e garante um abate em cima da Kalista (Sneaky) mostrando que não daria folga para a adversária.

Logo em seguida, uma bagunça na rota inferior, e a equipe da Oceania consegue mais abates. O placar fica 5 a 2 para a alcateia, mas com o farm superior da Cloud9 a diferença de ouro ainda é mínima, o que tira o peso do placar. A pressão da Dire Wolves na rota inferior funciona, e aos  11 minutos o time destrói a torre adversária. Porém, no restante do jogo, essa pressão se esvai a cada luta. O mid laner Phantiks não consegue encaixar o Vladmir nos embates de equipe, ao contrário de Sneaky, que aproveitou sua Kalista livre e distribuiu dano nos adversário, mostrando o por que dela ter sido banida em 100% das partidas até então. Após um embate desordenado pela parte do time da Oceania, a Cloud 9 abate 4 adversários, garante um barão e a vitória.

Lyon(Mexico/LLN) x Gambit (LCL)

A  Lyon veio confiante após a partida contra os chineses, e mesmo sofrendo muita pressão nas suas rotas do topo e do meio, conseguia se manter no farm. Na rota inferior, a dupla Kalista (Whitelotus) e Braum (Genthix) colocava muita pressão nos seus adversários, conseguindo a primeira torre. A dupla Camile (Jirall) e Galio (Oddie) era fatal ao combinar suas ultimates, e foi essencial para o avanço constante dos mexicanos. Com o passar do tempo o jogo se tornava cada vez mais controlado pela Lyon, e na luta final a Gambit se arrependeu de não banir Kalista, que protagonizou o primeito pentakill  do mundial de 2017 e garantiu o avanço da sua equipe para a melhor de cinco.

Team WE (China/LPL) x Gambit (LCL)

A suposta última partida da madrugada veio com um ar descompromissado - a Team WE já estava classificada, e a Gambit, com certeza uma das decepções dessa fase de entrada, já estava fora. O tom de diversão da partida veio com a escolha diferenciada de alguns campeões, como Yasuo no meio da Gambit e Vayne como atiradora da Team WE. Sem nenhum tipo de pressão, a partida aos 14 minutos já tinha mais de 20 abates, parecendo um jogo amador. Mesmo com o clima recreativo, as equipes continuaram levando o jogo a sério. Aos 20 minutos a Team WE faz o barão, entra na base da Gambit e termina a fase de entrada invicta.

Os próximos jogos do mundial acontecerão na madrugada do dia 25 (segunda) com os grupos C e D.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.