Não tem Alan Wake? Corra: jogo será removido das lojas (inclusive digitais)

Não tem Alan Wake? Corra: jogo será removido das lojas (inclusive digitais)

Último Vídeo

Se você ainda não desfrutou de um dos melhores suspenses da geração passada, eis sua única chance, literalmente (e infelizmente): Alan Wake, uma das pérolas da Remedy, será removido das lojas do mundo inteiro (versão física), inclusive da Xbox Live e da Steam, no campo digital.

Isso porque, de acordo com a produtora, as licenças musicais do título serão expiradas. A expansão American Nightmare continuará disponível normalmente até segunda ordem. Para permitir que absolutamente todos os jogadores possam ter acesso à aventura do escritor de livros de terror, a Remedy vai ofertar o game com 90% de desconto na Steam a partir deste sábado (13) até segunda-feira (15), quando o game será removido do serviço. A Xbox Live também deve fazer uma liquidação especial.

E quem já tem?

Se você possui Alan Wake em sua conta, não se preocupe: o download pode ser feito normalmente após a remoção. O jogo só não será mais listado como um produto que pode ser comprado.

A remoção é para sempre?

Não necessariamente. De acordo com a Remedy, a equipe está “atrás do relicenciamento das músicas para Alan Wake”, mas “não tem um período exato” para que isso aconteça. Portanto, o título ficará indisponível para compra por tempo indeterminado – mas ei, aproveite a promoção e garanta um!

Licenças musicais podem ser um componente problemático em um jogo. Em função desse único fator, pode ser necessário tirar um título de circulação completamente. A Rockstar, por exemplo, gasta rios de dinheiro periodicamente para manter seus GTAs vivos – praticamente todos, pois as rádios existem desde os primórdios da franquia no PS1.

O que você acha disso? Resta torcer para que a Remedy consiga logo essas renovações, pois muita gente ainda merece experimentar Alan Wake. Escreva aqui embaixo, na seção destinada aos comentários.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.