Wild Arms 5

“Não temos a intenção de desistir”, afirma produtor de Wild Arms

Último Vídeo

Durante o evento Tokaigi Game Party 2015, que ocorreu na semana passada, o produtor Kentaro Motomura declarou que a vontade de continuar a série Wild Arms permanece, muito embora a equipe dependa do surgimento de uma oportunidade.

Em voz alta, Motomura leu para toda a audiência uma carta escrita por Akifumi Kaneko, criador da série.

“Não importa o quanto ela fique pequena, eu manterei a chama de Wild Arms viva e mesmo agora eu estou trabalhando por conta própria para isso. Eu sei que esta não é a resposta que os fãs esperam ouvir, mas o incentivo de vocês ajudará a fazer esta chama se tornar maior”, afirmava o texto escrito pelo mentor.

Após concluir a carta, Motomura reafirmou o compromisso de não abandonar a franquia. “Sabemos muito bem que as pessoas esperam por uma nova entrada na série, e nós nunca declaramos que ela estava acabada. Não planejamos parar de trabalhar com ela e esperamos que, de alguma forma, possamos revivê-la algum dia. Eu espero poder ter alguma coisa para anunciar logo, caso a chance apareça”, declara.

Em 2008, Kaneko deixou o estúdio Media Vision (responsável por Wild Arms) com parte da equipe e montou um novo grupo chamado Witchcraft para desenvolver outros jogos. Apesar da saída, o criador da franquia ainda está disposto a voltar para fazer parte de um eventual Wild Arms 6, caso a obra venha a existir.

Os últimos títulos da franquia foram Wild Arms 5 (PS2, em 2007) e Wild Arms XF (PSP, em 2008). A série é propriedade da Sony, e o produtor Kentaro Motomura também trabalha para a empresa, porém está envolvido com outros projetos.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.