Voxel

Naves de Star Citizen terão visual bastante detalhado e danos permanentes

Último Vídeo

Todos os que vêm acompanhando a saga do financiamento e desenvolvimento do ambicioso simulador espacial Star Citizen já sabem que seu visual deve ser um dos seus pontos fortes. Durante a gamescom, a equipe do DualShockers conversou com Dan Tracy, designer técnico da Cloud Imperium Games,  que falou sobre a tecnologia por trás da impressionante Origin M-50, a última nave do jogo a ser revelada.

Segundo Tracy, os detalhes realistas do veículo são exibidos graças a doze texturas de 4096x4096 pixels postas umas sobre as outras em camadas, tudo espalhado pelo modelo constituído por 100 mil polígonos. Detalhes adicionais são proporcionados por mapas normais, que também possuem resolução de 4096 pixels.

Obviamente, seria necessário um computador bastante poderoso para rodar toda essa maravilha visual. Ainda assim, os donos de máquinas mais humildes poderão utilizar as coleções otimizadas e pré-calculadas de imagens (conhecidas em inglês como “mipmaps”) que acompanham as texturas principais do jogo. Essa opção está disponível para LODs de longa distância, que serão reduzidos primeiramente para 2048 e depois para 1024 pixels.

Realismo no espaço

Um dos elementos mais impressionantes do game é que os danos visuais recebidos pela sua nave serão salvos para o futuro. Na maioria dos jogos do tipo ,seu veículo volta a ficar novinho em folha após o término de uma sessão, mas em Star Citizen todos os amassados e arranhões vão se acumulando conforme os materiais do seu veículo vão se degradando. Quanto mais você usar e danificar sua nave, mais ela vai exibir seu status de veterano – ou falta de cuidado.

Quem se incomodar com um veículo danificado pode remover os arranhões mais leves aplicando uma nova pintura, mas as partes mais amassadas e destruídas terão que ser completamente substituídas. Além disso, o universo realista do jogo exigirá que você deixe sua nave no mecânico por algum tempo caso deseje realizar reparos – nada de consertos instantâneos quase mágicos.

Você pode conferir um vídeo com detalhes sobre a Origin M-50 no início deste texto e uma galeria com algumas imagens da nave e artes do jogo logo acima. É possível ainda clicar aqui para visitar o site do título (em inglês), onde você poderá ver todo o conteúdo adicional que vem sendo preparado para Star Citizen, colaborar com seu financiamento e descobrir as metas futuras dos desenvolvedores do game.

Ainda não se sabe sobre a data exata de lançamento de Star Citizen, que está previsto para chegar aos PCs perto do final de 2015. Ficaremos atentos às novidades e possibilidades de versões do jogo para consoles.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.