Nexon atribui fracasso de LawBreakers ao sucesso de PUBG
Seja o primeiro a compartilhar

Nexon atribui fracasso de LawBreakers ao sucesso de PUBG

Último Vídeo

Mesmo tendo o nome de Cliff Bleszinski (criador de Gears of War) associado à sua produção, LawBreakers acabou sendo um fracasso comercial para a publicadora Nexon. Ao anunciar um prejuízo de US$ 32,6 milhões em suas operações norte-americanas, a empresa atribuiu grande parte da responsabilidade por esse resultado ao game de tiro.

No entanto, o executivo Shiro Uemura não ligou esse resultado a uma possível falta de qualidade do título, mas sim ao sucesso conquistado por PLAYERUNKNOWN’s Battlegrounds. Aparentemente, o game concorrente fez tanto sucesso que não deixou espaço para que nenhum outro título de tiro conseguisse seu espaço.

LawBreakers

“LawBreakers é um FPS único desenvolvido para usuários hardcore. Tínhamos expectativas muito altas para seu lançamento”, afirmou Uemura em uma reunião com investidores. “No entanto, o timing de seu lançamento acabou sendo infeliz, especialmente porque o blockbuster PLAYERUNKNOWN’s Battlegrounds saiu quase ao mesmo tempo, tornando o ambiente de mercado muito difícil para shooters em primeira pessoa em geral e para LawBreakers”.

Segundo dados do site SteamSpy, o jogo sequer ultrapassa a marca dos 30 jogadores simultâneos na maior parte da semana, sendo que o recorde mais recente de  86 pessoas foi registrado no dia 26 de dezembro. Enquanto isso, PUBG continua quebrando recordes e já ultrapassou a marca de 3 milhões de jogadores simultâneos na plataforma da Valve.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.