Voxel

Nintendo é condenada a pagar US$ 15 milhões por quebra de patente

Último Vídeo

Fonte da imagem: Reprodução/Nintendo
A Nintendo foi condenada a pagar US$ 15 milhões em um processo por quebra de patentes. De acordo com decisão da corte americana, um registro relacionado a tecnologias de display 3D é de propriedade de Seijiro Tomita, um ex-engenheiro da Sony, que teria sido lesado pela utilização de sua invenção no 3DS.

O montante é metade do que era pedido no processo, considerado pela Justiça como excessivo e não apoiado pelas evidências apresentadas por ele. Sendo assim, Tomita deve aceitar o valor fixado ou continuar a batalha legal me correr o risco de perder o montante caso a situação financeira da Nintendo continue ruim.

Na visão do juiz Jed Rakoff, responsável pela decisão, o console não é tão lucrativo quanto o que foi alegado originalmente pelo engenheiro. A Nintendo entrou com recurso para reverter a decisão, mas, em comunicado oficial, afirmou que vai respeitar o veredito da Justiça americana.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.