Voxel

Nintendo explica o porquê da trava por região do Nintendo 3DS

Último Vídeo


A recente notícia de que o Nintendo 3DS teria bloqueio por região pegou muita gente de surpresa. Quem esperava o lançamento japonês para importar o portátil se viu impossibilitado, já que o console simplesmente não rodaria jogos americanos ou europeus. Isso fez com que muitos fãs criticassem a decisão da Nintendo, considerando-a ilógica.

Depois de tanta repercussão, eis que a Big N vem a público com um comunicado oficial para explicar o porquê de adotar o sistema de áreas. Na declaração, a companhia acaba com todas as esperanças e confirma que não será possível rodar jogos de outras regiões em no 3DS.

Segundo o comunicado, a empresa afirma que haverá três modelos para o console de bolso: a japonesa, a americana e a europeia. A opção de fazer essa diferenciação se deu por uma série de fatores, como a diferença de idiomas e de classificações etárias de cada país – o que também entra nas questões legais.

Já para o lado do usuário

Apesar de a defesa da Nintendo ser válida, é preciso lembrar que o bloqueio de região traz uma série de complicações para os jogadores. Primeiro que isso praticamente impede a importação de aparelhos europeus ou asiáticos, já que isso impossibilitaria o funcionamento de jogos americanos.

Quem prefere comprar games em sites internacionais também pode sofrer, principalmente quem utiliza sites ingleses para adquirir seus lançamentos a um preço mais acessível. O mesmo acontece com os títulos exclusivos do Japão, que jamais poderão ser conferidos pelos ocidentais.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.