Voxel

Nintendo não fará conferência durante a E3

Último Vídeo


Para quem esperava que a próxima E3 seria a redenção da Nintendo com o Wii U, eis uma grande surpresa. Contrariando a tradição e as expectativas dos fãs, a empresa anunciou que não apresentará suas novidades em uma conferência, como acontece todos os anos.

Em um comunicado emitido em seu site oficial, a “Big N” informou que, como não há planos de apresentar um novo console, não há sentido em fazer um “espetáculo” dentro da feira. Para isso, a companhia pretende aproveitar a visibilidade de seu estande para apresentar alguns novos jogos e ainda permitir que o público experimente-os em primeira mão.

Essa estratégia também será válida para o Wii U. A Nintendo sabe que a situação do aparelho não é das melhores e que os jogadores querem saber de novos games para a plataforma, algo que ela já prometeu trazer para a E3. Segundo ela, o desafio é criar um novo modelo de apresentações no evento.

(Fonte da imagem: Reprodução/LazyGamer)
Outro aspecto importante é a valorização de conferências menores e exclusivas da companhia, como acontece com o Nintendo Direct. O comunicado afirma que, durante o período da feira, a empresa usará esses meios próprios de comunicação para levar as novidades ao seu público, do jeito que ele espera. Além disso, haverá pequenos encontros com distribuidores para discutir estratégias e com a própria imprensa para mostrar os futuros lançamentos.

Isso é motivo para desespero?

Por mais que o anúncio de que a Nintendo não fará seu show durante a E3 possa servir como sinal de alerta para muita gente, a estratégia é muito lógica. Como todos sabem, Sony e Microsoft estarão presentes com seus novos consoles e todas as armas da nova geração, o que torna a situação da Nintendo um tanto quanto complicada.

Como acontece todos os anos, as comparações entre as três grandes é inevitável e isso pode ser fatal para a Casa do Mario, principalmente após os resultados nada satisfatórios dos últimos anos. Essa pequena “competição desleal” pode prejudicar ainda mais a imagem da Big N e refletir no valor de suas ações, por exemplo. Desse modo, é muito mais sensato utilizar um espaço próprio para fazer seus anúncios e usar seu estande no evento para trazer demos para que a imprensa conheça um pouco de seus lançamentos futuros do que tentar bater de frente com o hype criado pela concorrência.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.