Voxel

Nintendo não vai matar o Wii tão cedo, garante Reggie

Último Vídeo

Não tem mais jeito: com o anúncio oficial de preço e data de lançamento, o Wii U começa a tomar o lugar de principal console da Nintendo, deixando o Wii, seu antecessor, em segundo plano.

Mas Reggie Fills-Aime, presidente da divisão norte-americana da empresa, não quer deixar o console cair no esquecimento de uma hora para outra: em um evento em Nova York para promover o próprio Wii U, ele deixou claro que ainda há consumidores para o Wii original.

Mercados como Canadá, México, América Latina e Leste Europeu ainda estariam na mira da Nintendo – e o resto dos consumidores que não terão dinheiro para adquirir um Wii U também. Ele só não foi claro quanto ao tempo de sobrevida do console, mas é provável que quedas de preço comecem a partir de novembro, com a chegada da nova geração da empresa.

Fonte: Engadget

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.