Voxel

Nintendo: o danoso... Porém necessário corte nos preços do 3DS

Último Vídeo

Após reportar as perdas para a primeira metade do atual ano fiscal, a Nintendo desculpou-se por não ter atingido a meta esperada, mas também trouxe à luz um bode expiatório: os cortes de preço do Nintendo 3DS.Durante reunião com investidores para tratar dos resultados financeiros duvidosos, Satoru Iwata explicou que derrubar os preços do novo portátil foi necessário para elevar as vendas do console até um nível aceitável.

Durante o lançamento, o 3DS não cumpriu as expectativas da companhia, levando a um corte severo de preços no último mês de agosto — alguns meses após o aparelho chegar às prateleiras. Os preços nos EUA, por exemplo, despencaram de US$ 250 (cerca de R$ 425) para US$ 170  (aproximadamente R$ 290).

Segundo Iwata, o “forte impulso” foi importante para que a nova plataforma prospere, algo que não ocorria durante a primeira metade do ano. “As vendas após o lançamento não atingiram as expectativas e nós chegamos à conclusão que não seria possível retornar a um ritmo de vendas consonante com um sucessor do Nintendo DS a menos que uma medida fosse tomada”, afirmou o executivo.

Ele continua: “nós tivemos uma decisão rápida, e anunciamos a remarcação dos preços em torno de três meses atrás, juntamente com o anúncio dos resultados financeiros no final de julho”. Ao todo, a companhia espera uma perda de US$ 264 milhões (cerca de R$ 450) até o final do atual ano fiscal, que vai até março de 2012. Segundo a Nintendo, foram vendidas, até o momento, 6,68 milhões de unidades do Nintendo 3DS ao redor do globo.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.